Fale conosco pelo WhatsApp
MENU
ENTRAR

Informe seu CEP abaixo para calcular o valor e prazo da entrega.

#ProdutoValorQtdSubtotal
Cesta vazia
TELEVENDAS
(41) 3075-8050
Centro de Vacinação - CallFarma
API not supported
Você está aqui:
HomeProdutosCECLOR AF 500 MG COM 10 DRAGEAS
CECLOR AF 500 MG COM 10 DRAGEAS


CECLOR AF 500 MG COM 10 DRAGEASBula do produto

CECLOR AF 500 MG COM 10 DRAGEAS

Estoque: 4 Código: 29782

Consulte a disponibilidade em nossas lojas
  • Buscando estoque...
De R$ 160,14
Por R$ 131,31
VENDA PROIBIDA NA INTERNET.
De acordo com PORTARIA Nº 344 - 12/05/1998 da ANVISA, venda permitida somente com retenção de receita médica.
Para fazer um orçamento ligue (41) 3075-8050

Registro MS: 1356900330368
SAC: .
Código: 29782
Princípio Ativo: CEFACLOR
Saiba mais (41) 3075-8050

Informações do Produto

CECLOR AF 500 MG COM 10 DRAGEAS

Indicação

é indicado no tratamento das seguintes infecções, quando causadas por cepas sensíveis dos seguintes microrganismos: Bronquite aguda e exacerbações agudas de bronquite crônica causadas por S. pneumoniae, H. influenzae (incluindo cepas produtoras de betalactamase), H. parainfluenzae, M. catarrhalis (incluindo cepas produtoras de betalactamase), e S. aureus. Faringite e amigdalite causadas por S. pyogenes (estreptococos do grupo A). (A penicilina é a droga usual de escolha no tratamento e prevenção das infecções estreptocócicas, incluindo a profilaxia da febre reumática. Ceclor af é geralmente eficaz na erradicação dos estreptococos da orofaringe; entretanto, ainda não estão disponíveis dados substanciais estabelecendo a eficácia do Ceclor af na prevenção da febre reumática). Pneumonia causada por S. pneumoniae, H. influenzae (incluindo cepas produtoras de betalactamase) e M. catarrhalis (incluindo cepas produtoras de betalactamase). Sinusites causada por S. pneumoniae (somente cepas sensíveis à penicilina), H. influenzae (incluindo cepas produtoras de betalactamase), e M. catarrhalis (incluindo cepas produtoras de betalactamase). Infecções não complicadas do trato urinário inferior, incluindo cistite e bacteriúria assintomática, causadas por E. coli, K. pneumoniae, P. mirabilis e S. saprophyticus. Infecções da pele e estruturas da pele causadas por S. pyogenes (estreptococos do grupo A), S. aureus (incluindo cepas produtoras de betalactamase) e S. epidermidis (incluindo cepas produtoras de betalactamase). Devem ser realizados estudos bacteriológicos para determinar os microrganismos causais e sua sensibilidade ao cefaclor. A terapia pode ser iniciada enquanto se aguarda os resultados desses estudos. Uma vez que esses resultados estejam disponíveis, a terapia antimicrobiana deve ser ajustada de acordo.

Contra-Indicação

é contra-indicado a pacientes c/ hipersensibilidade conhecida ao cefaclor e a outras cefalosporinas. Advertências Antes de ser instituída a terapia c/ Ceclor af deve ser feita uma cuidadosa investigação para determinar se o paciente teve reações anteriores de hipersensibilidade às cefalosporinas, penicilinas ou outras drogas. Este produto deve ser administrado cautelosamente a pacientes sensíveis à penicilina. Os antibióticos devem ser administrados c/ precaução a qualquer paciente que tenha demonstrado alguma forma de alergia, particularmente a drogas. Se ocorrer uma reação alérgica ao Ceclor af, interromper o uso da droga. Reações graves de hipersensibilidade aguda podem requerer o uso de adrenalina e outras medidas de emergência. Os antibióticos, incluindo Ceclor af, devem ser administrados cautelosamente a qualquer paciente que tenha demonstrado alguma forma de alergia, particularmente a drogas. Colite pseudomembranosa tem sido relatada praticamente c/ todos os antibióticos de largo espectro (incluindo os macrolídeos, penicilinas semi-sintéticas e cefalosporinas); portanto, é importante considerar este diagnóstico em pacientes que desenvolvem diarréia associada c/ o uso de antibióticos. Tais colites podem variar em gravidade de leves a gravíssimas. Casos leves de colite pseudomembranosa geralmente respondem c/ apenas a suspensão da droga. Em casos moderados a graves, devem ser tomadas medidas apropriadas.


ADVERTÊNCIA DE USO:
Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.
Seu uso pode trazer riscos, procure um médico. Leia a bula.

Bula

Clique aqui para abrir a bula em PDF.