Televendas
(41) 3075-8050
R$ 0,00
0 itens
Você está aqui:
LAMITOR 25 MG CAIXA COM 30 COMPRIMIDOS  ADULTO (C1)


LAMITOR 25 MG CAIXA COM 30 COMPRIMIDOS  ADULTO (C1)Bula do produtoMedicamentos Genéricos


LAMITOR 25 MG CAIXA COM 30 COMPRIMIDOS ADULTO (C1)

Estoque: 7 Código: 23647

Consulte a disponibilidade em nossas lojas
  • Buscando estoque...
VENDA PROIBIDA NA INTERNET.
De acordo com PORTARIA Nº 344 - 12/05/1998 da ANVISA, venda permitida somente com retenção de receita médica.
Para fazer um orçamento ligue (41) 3075-8050

 



Marca: TORRENT
Registro MS: 1052500020076
SAC: .
Código: 23647
Princípio Ativo: LAMOTRIGINA
Saiba mais (41) 3075-8050

Informações do Produto

LAMITOR 25 MG CAIXA COM 30 COMPRIMIDOS ADULTO (C1)

Indicação

Adultos e crianças a partir de 12 anos: LAMITOR é uma droga antiepiléptica indicada, como adjuvante ou em monoterapia, para o tratamento de crises convulsivas parciais e crises generalizadas, incluindo as crises tonicoclônicas e as crises associadas com a síndrome de Lennox-Gastaut.

Contra-Indicação

— Indivíduos com conhecida hipersensibilidade à lamotrigina. Precauções — Existem relatos de reações adversas dermatológicas que, geralmente, têm ocorrido nas primeiras oito semanas após o início do tratamento; a maioria é leve e autolimitada. Exantemas graves e potencialmente ameaçadores da vida, síndrome de Stevens-Johnson (SJS), necrólise epidérmica tóxica têm sido relatados. Além disso, o risco global de aparecimento de um exantema pode estar fortemente associado com altas doses iniciais, doses que excedam o escalonamento recomendado e/ou com o uso concomitante de valproato (ver dose). Todos os pacientes (adultos e crianças) que desenvolverem exantema devem ser rapidamente avaliados, e o uso de lamotrigina descontinuado. A suspensão abrupta de LAMITOR pode provocar crises de rebote. A menos que seja necessário, a dose deve sofrer redução gradual ao longo de duas semanas. Não existem dados disponíveis suficientes para avaliar a segurança do uso na gravidez humana. Não deve ser usado na gravidez, a menos que, na opinião dos médicos, o benefício potencial para a mãe justifique qualquer risco possível ao desenvolvimento fetal. Há informação limitada sobre o uso de lamotrigina na lactação. Esta substância passa pelo leite materno, 40%-60% da concentração sérica. O benefício potencial da amamentação deve ser considerado. Quando a mãe é tratada durante a gravidez, existe um risco teórico de ocorrerem malformações fetais.


ADVERTÊNCIA DE USO:
Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.
Seu uso pode trazer riscos, procure um médico. Leia a bula.

Bula

Clique aqui para abrir a bula em PDF.