Televendas
(41) 3075-8050
R$ 0,00
0 itens
Você está aqui:
ESTREVA GEL 50 GRAMAS

Estreva Gel 50 Gramas

Preços válidos somente para compras na loja online.
Código: 14606
Estoque: 5
De R$ 57,99
Por R$ 46,39
RapidSSL Certificado
Adicionar ao carrinho
Simular Frete CEP:
Informações do Produto
Registro MS: 1557300170018
SAC: 0800 722 6001
Código: 14606
Princípio Ativo: ESTRADIOL

 

ADVERTÊNCIA DE USO:
Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.
Seu uso pode trazer riscos, procure um médico. Leia a bula.
Outras Informações

ESTREVA® (estradiol hemiidratado) consiste de um tipo de terapia de reposição hormonal, sendo utilizado para tratamento dos sintomas da menopausa. Nesta fase da vida os níveis do hormônio estrogênio diminuem, o que pode provocar os sintomas descritos na Seção 1. Para que este medicamento é indicado? desta bula. Estradiol, o princípio ativo de ESTREVA®, é um hormônio natural, idêntico ao produzido pelos ovários. Através da administração percutânea, ESTREVA® corrige a deficiência hormonal, já que substitui a perda de produção do hormônio estrógeno que ocorre em mulheres após a menopausa, e assim alivia os sintomas da deficiência hormonal. Você deve começar a notar alívio dos sintomas no decorrer das primeiras semanas de tratamento com ESTREVA®

Indicação

ESTREVA® (estradiol hemiidratado) é indicado para o tratamento de deficiência hormonal de mulheres: - Após a menopausa; - Que sofreram cirurgia para remoção dos ovários; - Para aquelas cujos ovários não funcionam plenamente. A deficiência hormonal se manifesta através de sintomas tais como fogachos (ondas de calor), dor na relação sexual, incontinência urinária, distúrbios do sono, sensação de fraqueza e apatia.

Contra-Indicação

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO? Você não deve utilizar ESTREVA® (estradiol hemiidratado) nos seguintes casos: ü Histórico ou suspeita de câncer de mama; ü Histórico ou suspeita de tumor maligno estrógeno-dependente (tal como câncer endometrial); ü Histórico ou suspeita de tumor hipofisário (crescimento anormal da hipófise, parte do cérebro que regula o equilíbrio hormonal do corpo); ü Sangramento vaginal de causa desconhecida; ü Hiperplasia (crescimento excessivamente anormal do endométrio) endometrial não tratada; ü Antecedente ou quadro de tromboembolismo venoso (formação de coágulo dentro da veia impedindo a circulação do sangue), tais como trombose venosa profunda (formação de um coágulo sanguíneo em uma veia), embolia pulmonar (formação de um coágulo no pulmão);

Bula

Clique aqui para abrir a bula em PDF.
Envie sua Receita