Televendas
(41) 3075-8050
R$ 0,00
0 itens
Você está aqui:
AMPLICTIL FRASCO 20 ML ADULTO /INFANTIL (C1)

Amplictil Frasco 20 Ml Adulto /infantil (c1)

Saiba mais (41) 3075-8050.
Código: 10140
Estoque: 3
De R$ 7,33
Por R$ 5,86
RapidSSL Certificado
VENDA PROIBIDA NA INTERNET.
De acordo com PORTARIA Nº 344 - 12/05/1998 da ANVISA, venda permitida somente com retenção de receita médica.
Para fazer um orçamento ligue (41) 3075-8050
Informações do Produto
Registro MS: 1130002970078
SAC: 08007010014
Código: 10140
Princípio Ativo: CLORIDRATO DE CLOPROMAZINA

 

ADVERTÊNCIA DE USO:
Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.
Seu uso pode trazer riscos, procure um médico. Leia a bula.
Outras Informações

AMPLICTIL tem como princípio ativo o cloridrato de clorpromazina, que é um medicamento que age no sistema nervoso central controlando os mais variados tipos de excitação. É, portanto, de grande valor no tratamento das perturbações mentais e emocionais.

Indicação

Este medicamento é destinado ao tratamento de: quadros psiquiátricos agudos, ou então no controle de psicoses de longa evolução. AMPLICTIL também é indicado em manifestação de ansiedade e agitação, soluços incoercíveis (soluço que não para), náuseas (enjoo) e vômitos e neurotoxicoses (aceleração da respiração e convulsão com os olhos dilatados) infantis; também pode ser associado aos barbitúricos (medicamento depressor do sistema nervoso central) no tratamento do tétano. Em analgesia (elimina ou diminui a dor) obstétrica e no tratamento da eclampsia (séria complicação da gravidez caracterizada por convulsões), e nos casos em que haja necessidade de uma ação neuroléptica (diminui a excitação e a agitação), vagolítica (interrupção dos impulsos transmitidos pelo nervo vago), simpatolítica (efeito oposto à atividade produzida pelo estímulo do sistema nervoso simpático), sedativa (diminui a ansiedade e tem efeito calmante) ou antiemética (diminui o enjoo e vômito).

Contra-Indicação

AMPLICTIL não deve ser utilizado caso você apresente: - glaucoma de ângulo fechado (aumento da pressão intraocular). - risco de retenção urinária (urina presa), ligado aos problemas uretroprostáticos (uretra e próstata). AMPLICTIL não deve ser utilizado com levodopa (medicamento utilizado no tratamento das síndromes apresentadas na Doença de Parkinson) (vide item “4. O que devo saber antes de usar este medicamento? - Interações medicamentosas”). AMPLICTIL também não deve ser utilizado caso você apresente: comas barbitúricos (coma temporário provocado por uma dose controlada de medicamento barbitúrico) e etílicos (coma provocado por ingestão de álcool); sensibilidade às fenotiazinas (medicamento tranquilizante); doença cardiovascular (do coração) grave; depressão severa do sistema nervoso central. Além disso, AMPLICTIL não deve ser utilizado junto com álcool, lítio e sultoprida (vide item “4. O que devo saber antes de usar este medicamento? - Interações medicamentosas”). O médico vai avaliar se você deve usar AMPLICTIL caso você apresente: discrasias sanguíneas (alteração nos elementos do sangue); câncer da mama; distúrbios hepáticos (no fígado); doença de Parkinson; distúrbios convulsivos; úlcera péptica (ferida no estômago). AMPLICTIL deverá ser administrado com cautela em pacientes idosos e/ou debilitados.

Bula

Clique aqui para abrir a bula em PDF.