Televendas
(41) 3075-8050
R$ 0,00
0 itens
Você está aqui:
CLORIDRATO DE PROPRANOLOL 40 MG COM 30 CPR CIMED GENERICO


CLORIDRATO DE PROPRANOLOL 40 MG COM 30 CPR CIMED GENERICOBula do produtoMedicamentos Genéricos


Produto em promoção LEVE 3 POR MENOS

CLORIDRATO DE PROPRANOLOL 40 MG COM 30 CPR CIMED GENERICO

Estoque: 1 Código: 19050
De R$ 6,50
Por R$ 4,88

 



Marca: CIMED
Registro MS: 1438101360027
SAC: 0800 704 4647
Código: 19050
Princípio Ativo: CLORIDRATO DE PROPRANOLOL
Preços válidos somente para compras na loja online

Informações do Produto

CLORIDRATO DE PROPRANOLOL 40 MG COM 30 CPR CIMED GENERICO

Indicação

Cloridrato de propranolol é um betabloqueador indicado para: - Controle de hipertensão. - Controle de angina pectoris. - Controle das arritmias cardíacas. - Profilaxia da enxaqueca. - Controle do tremor essencial. - Controle da ansiedade e taquicardia por ansiedade. - Controle adjuvante da tireotoxicose e crise tireotóxica. - Controle da cardiomiopatia hipertrófica obstrutiva. - Controle de feocromocitoma. Neste caso, o tratamento com cloridrato de propranolol deve apenas ser iniciado na presença de um bloqueio alfa efetivo.

Contra-Indicação

Cloridrato de propranolol, assim como outros betabloqueadores, não deve ser utilizado em pacientes nas seguintes situações: - conhecida hipersensibilidade ao propranolol e aos outros componentes da fórmula; - hipotensão; - bradicardia; - distúrbios graves da circulação arterial periférica; - síndrome do nó sino-atrial; Modelo de Bula PROFISSIONAL - feocromocitoma não tratado (com um antagonista do receptor alfa-adrenérgico); - insuficiência cardíaca descompensada; - angina de Prinzmetal; - choque cardiogênico; - acidose metabólica; - após jejum prolongado; - bloqueio cardíaco de segundo ou terceiro grau; - histórico de asma brônquica ou broncoespasmo. O broncoespasmo pode normalmente ser revertido com broncodilatadores agonistas beta-2, por exemplo, salbutamol. Altas doses de broncodilatadores agonistas beta-2 podem ser necessárias para superar o bloqueio beta produzido pelo propranolol e a dose deve ser titulada de acordo com a resposta clínica. Tanto a administração intravenosa quanto a inalatória devem ser consideradas. O uso de aminofilina intravenosa e/ou o uso de ipratrópio (administrado por nebulizador) podem também ser considerados. Também foi relatado que o glucagon (1 a 2 mg administrados intravenosamente) produz um efeito broncodilatador em pacientes asmáticos. Em casos graves, podem ser necessários oxigênio ou ventilação artificial. Cloridrato de propranolol não deve ser utilizado por pacientes com predisposição à hipoglicemia, isto é, pacientes após jejum prolongado ou pacientes com reservas contraregulatórias restritas.


ADVERTÊNCIA DE USO:
Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.
Seu uso pode trazer riscos, procure um médico. Leia a bula.

Bula

Clique aqui para abrir a bula em PDF.

Envie sua receita

Clique aqui para enviar sua receita.