Televendas
(41) 3075-8050
R$ 0,00
0 itens
Você está aqui:
KLARICID 25 MG / ML SUSPENCAO 60 ML

Klaricid 25 Mg / Ml Suspencao 60 Ml

Saiba mais (41) 3075-8050.
Código: 55486
Estoque: 1
De R$ 71,63
Por R$ 57,30
RapidSSL Certificado
VENDA PROIBIDA NA INTERNET.
De acordo com PORTARIA Nº 344 - 12/05/1998 da ANVISA, venda permitida somente com retenção de receita médica.
Para fazer um orçamento ligue (41) 3075-8050
Informações do Produto
Registro MS: 1055302000359
Código: 55486
Princípio Ativo: CLARITROMICINA

 

ADVERTÊNCIA DE USO:
Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.
Seu uso pode trazer riscos, procure um médico. Leia a bula.
Outras Informações

Indicação

KLARICID (claritromicina) é usado para o tratamento das infecções da vias respiratórias, infecções da pele tecidos moles e infecções da boca, causadas por todos os microorganismos sensíveis a claritromicina. KLARICID® (claritromicina) também está indicado para infecções disseminadas ou localizadas causadas por micobactérias e para prevenção de infecção por MAC (Mycobacterium avium complex) em pacientes infectados pelo HIV, com contagem de linfócitos CD4 menor ou igual a 100/mm³. KLARICID® (claritromicina) é indicado para a erradicação do Helicobacter pylori, junto com lansoprazol e amoxicilina resultando em diminuição da recidiva de úlceras duodenais. Está demonstrado que 90 a 100% dos pacientes com úlcera duodenal estão infectados por esse patógeno e que sua erradicação reduz o índice de recorrência de úlceras duodenais, reduzindo assim, a necessidade de terapêutica anti-secretora de manutenção.

Contra-Indicação

KLARICID (claritromicina) não é indicado para pacientes com conhecida alergia aos antibióticos macrolídeos e a qualquer componente da fórmula. As reações alérgicas e de hipersensibilidade devem ser tratadas prontamente por medidas de suporte. Também está contraindicado se o paciente estiver fazendo uso dos seguintes medicamentos: astemizol, cisaprida, pimozida, terfenadina e ergotamina ou diidroergotamina. É contraindicada também a administração da claritromicina em conjunto com lovastatina e sinvastatina. A claritromicina não deve ser administrada a pacientes com histórico de prolongamento do intervalo QT (alteração no eletrocardiograma) ou arritmia ventricular do coração, incluindo torsades de pointes (tipo de taquicardia). A colchicina está contraindicada em pacientes com disfunção hepática (fígado) e renal (rins) que fazem uso de glicoproteína-P ou um medicamento inibidor da CYP3A4. Este medicamento é contraindicado na faixa etária de até 6 meses de idade.

Bula

Clique aqui para abrir a bula em PDF.